Esculturas Parque Pedras do Silêncio - Nova Petrópolis/RS

O Esculturas Parque Pedras do Silêncio foi idealizado com o objetivo de resgatar a história da imigração germânica e divulgar por intermédio de esculturas em pedras.

A primeira grande preocupação foi o de montar um roteiro histórico e cultural que servisse de base para todo este trabalho. Nesta etapa for de grande a colaboração de vários historiadores da cidade e de descendentes dos primeiros imigrantes que aqui chegaram.

Este roteiro, depois de pronto, foi base para três escultores gaúchos desenvolver as mais de 80 esculturas contando esta história.

A matéria prima utilizada para esculpir o parque, foi o arenito. A opção de usar esta rocha, foi por ser abundante no Rio Grande do Sul e se comportar bem para esculturas. Neste projeto inicial foram utilizados mais de 300 toneladas de pedras que tiveram como procedência pedreiras que fazem a extração deste material.

O nome Esculturas Parque  Pedras do Silêncio surgiu por se entender que as esculturas ( as pedras) estão em silêncio, contando a história da imigração germânica.

Vale lembrar que a entrada e a recepção do parque foram construídas na técnica enxaimel. A mesma técnica que os primeiros imigrantes construíam suas residências no inicio da colonização. Esta técnica consiste em montar uma estrutura de madeira, onde as peças são encaixadas umas nas outras sendo presas com pinos de madeira (não utilizavam pregos na montagem da estrutura) e depois fechavam as paredes com tijolos, pedras ou ainda somente galhos e argila.

Todo este processo de idealização do parque teve inicio em 2011 e somente em 14 de novembro de 2014 foi aberto á visitação.

O projeto foi a realização de um sonho dos irmãos Valmor e Claudionor Heckler que entendem como de suma importância este resgate e divulgação da história da imigração germânica, bem como fazer uma homenagem a estes bravos imigrantes que deixaram a sua pátria e escolheram este chão para plantar as sementes de onde nasceu e germinou a cidade de Nova Petrópolis.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: (54) 9979-0528 e (54) 9994-9995

Fonte: Esculturas Parque Pedras do Silêncio

Last modified on Quinta, 24 Agosto 2017 09:38
(0 votes)

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Rincão Poético: Beleza - por Esther Luisa Guthartz

Belo é o dia que nasce, Como a flor que desponta em botão. Trazendo promessas de luz e aromas, ...

Atividades - Coelhinhos de meia

Vamos trabalhar com meias e fazer estes lindos coelhinhos coloridos? É uma ótima ideia para aproveitar aquelas meias que estão...

Sabia que...

... O Salto Angel, é a mais alta cachoeira do mundo, com um total de 979 metros de altura? A...

Somos todos especiais - por Karine Klein

APAE de São Francisco de Paula, um símbolo de luta pela igualdade no município Dizem que são as nossas diferenças que...

Filtro de barro: saudável e econômico

Na era tecnológica, em que a tradição perde lugar para produtos modernos e multifuncionais, um estudo norte-americano provou que o...

ATENÇÃO! Cuidados com abelhas, vespas e marimbondos

O Calor e a florada influenciam no surgimento de enxames itinerantes e no aumento de número de insetos nas colmeias...

Mastigação é o princípio para uma alimentação saudável! - por Fabíola Frezza Andriola

Quando sentamos a mesa e, sem pressa, saboreamos nossa refeição, acabamos comendo menor quantidade do que quando sentamos à mesa...

Quando a escola é lugar de alegria - Por Karine Klein

Castelo Branco promove Festa de Dia das Crianças e dá exemplo de superação   Outubro sempre é um mês marcado pelas comemorações...

Batata recheada ou baked potato

Muito comum na Inglaterra a batata é uma excelente opção para fazer muitas receitas. Hoje vamos a uma receita de batata...

“Se você não parar com isso, vai apanhar...” - por Thainá Rocha

Uma introdução ao tema O assunto de hoje (e dos nossos próximos bate-papos) buscará refletir a respeito da tão polêmica pergunta...

Patrocinadores da cultura