5 Dicas para um relacionamento feliz - por Ana Cruz

5 Dicas para um relacionamento feliz - por Ana Cruz

Por um mundo com menos “eu” e mais “nós”, por favor.

Seja o namoro ou o casamento, em um relacionamento amoroso homens e mulheres têm um objetivo comum: ser feliz. Mas a pergunta que não quer calar é: como?

Em tempos onde as pessoas se colocam cada vez mais de forma descartável, ainda existe, lá no fundo, aquela necessidade psíquica de relacionar-se, afinal, o homem não nasceu para viver só. No entanto, um dos grandes males do homem moderno está no desejo da gratificação imediata e, de preferência, sem muito empenho. Em muitas vezes, cercada de atropelos.

O ritmo de vida em geral, cada vez mais acelerado, aliado ao conforto de avanços diversos como, por exemplo, o da tecnologia, leva o sujeito a buscar fórmulas mágicas e a conceitos padrão de felicidade, mas com um detalhe: tudo tem que ser agora. Existe uma máxima profissional que se encaixa perfeitamente em relacionamentos afetivos: não há sucesso sem esforço.

Homens e mulheres, apesar das particularidades dos seus universos, são seres humanos em busca da satisfação de um dos instintos ao qual já nasce conosco, o instinto do prazer, do contentamento dos nossos anseios. De fato, o que acontece atualmente é que ambos procuram o mesmo destino.


Assim, apresento a vocês 5 dicas para um relacionamento feliz:


1
   Aprenda que o seu parceiro não é o seu concorrente, aquele com quem se deve travar disputas constantes e que só porque discordou da sua posição está contra você. Parceria é resultado da equação amizade + companheirismo.

2
    Não espere que o outro tenha uma bola de cristal, aprenda que só falando, comunicando de alguma forma, é que será possível que o seu companheiro saiba, de verdade, o que você quer, pensa.

3
    Nunca esqueça que um relacionamento é composto por três corpos: o eu, o outro e o nós, e cada um deles deve ter o seu espaço, atividades, metas, sonhos, objetivos, planos. Lembre-se: todo excesso é prejudicial.

4
    O sexo tem muita importância e é super saudável em qualquer idade. Se deseje para se tornar desejável para o outro. Tome iniciativas, inove, deixe de lado a frescura e os pudores. Sexy é uma questão de atitude e não de corpo perfeito.

5
    Carregue sempre com você esse trio e os pratique: tolerância, paciência e flexibilidade. Saiba que diálogo não é imposição de ideias, e sim, troca, que existem contrapontos, divergências, e daí? Quanto maior o seu desejo de controle, maior sua insegurança.

Felicidade em um relacionamento amoroso não é e jamais será sinônimo de perfeição. Ambos os lados tem as suas expectativas e necessidades. Algumas vezes, é preciso levar uma boa chacoalhada do destino para se dar conta do valor que tem uma relação com alguém. Se a pessoa vale a pena, invista e preserve-a enquanto é tempo, afinal, o ontem já passou e o amanhã pode ser tarde. O amor existe. E limite também.

 

Ana Cruz
Psicanalista, especialista em comportamento humano. É apaixonada pelo trabalho, pela escrita e por cachorros. Atende em Porto Alegre.


• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 25 - Junho de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

São Francisco de Paula

Porta de entrada da Rota dos Campos de Cima da Serra ou ponto final da Rota Romântica, São Chico, como...

Patê de ervas finas - por Fabíola Frezza Andriola

Ingredientes: - 250 gr de maionese light (ou requeijão light) - 1 dente de alho - 1/2 unidade de cebola...

As Causas Ocultas da Violência - por Fabiana Souza

Nos últimos meses, a violência tem gerado pânico no Estado do Rio Grande do Sul por conta da arbitrariedade dos...

Tipos e qualidade da luz - por Silvio Kronbauer

Quando se fala em fotografia, é imprescindível falar em luz, afinal “fotografar” é registrar a luz. Então, é válida aquela...

Rocambole de Carne - por Tânia D’ El Rei

Ingredientes 1⁄2 kg de carne moída 1 ovo 1 pacote de creme de cebola 100 g de presunto picado 1 kg...

Antonio Villeroy - Samboleria de Bolso

Grande vencedor do Prêmio Açorianos de Música, anos 2014/2015, com os troféus de Melhor Compositor de MPB, Melhor Disco de...

De volta à escola - por Mercedes Sanchez

Assim como quando iniciamos as férias estávamos cheios de expectativas e ilusões respeito aos dias felizes que nos esperavam, para...

Caminantes - Por los caminos de Santiago de Compostela - por Patrícia Vieira Reis

Desde guria sempre amei viajar. Botar o pé na estrada, desbravar novos lugares e conviver com as diferenças sempre me fascinaram...

O que é a Macela?

No Rio Grande do Sul, existe a tradição de colher a marcela na sexta-feira Santa antes do nascer do Sol...

Sobre a responsabilidade ante o pensamento - por Lucas Rodrigues

“Um asno pode ser trágico? – Pode-se perecer sob uma carga que não se pode carregar nem lançar por terra?...

Patrocinadores da cultura