Displaying items by tag: São Francisco de Paula - Revista Usina

10 de Dezembro - 6ª Volta Ecoclística no Parque Estadual do Tainhas stars

6ª Volta Ecoclística no Parque Estadual do Tainhas promovida pela Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SEMA

Um evento onde o que vale é participar e conhecer atrativos naturais de alto valor paisagístico da região dos campos de cima da serra.

O evento ocorrerá dia 10 de Dezembro de 2017 – DOMINGO

INSCRIÇÕES GRATUITAS AQUI neste link

- A inscrição online será aceita somente até dia 06/12/2017. Após esta data a inscrição será realizada somente no dia e local do evento.
- Local da concentração e saída: Base de apoio do Parque Estadual do Tainhas, localizada na estrada do Passo do “S”, interior de Jaquirana.
Coordenada: 22J 0561838 UTM 6781566
- Horários: Concentração a partir das 8h30min e saída prevista às 9h30min.
- Percurso: 25 Km.
Acesse o link do percurso:
Strava: https://www.strava.com/routes/10992996
Garmin: https://connect.garmin.com/modern/activity/2180535804…
- Altimetria: 530 m.
- Nível de dificuldade: Médio (percurso somente em estrada de chão, com pedras soltas, subidas e descidas íngremes e travessia por dentro de rio e arroio).
- Tipo de bicicleta: Mountain bike.
- Tempo estimado para realização do percurso: 5h. 
Durante o percurso será realizada uma PARADA OBRIGATÓRIA de 1h no Camping Passo da Ilha (local apropriado para lanche, descanso e apreciação da natureza). Após esta parada será retomado o percurso faltando 11 Km para o final da Volta Ecociclística.
- Alimentação: Por conta de cada participante. O Camping Passo da Ilha conta com lanchonete.
- Não será permitido acampar na base de apoio no dia que antecede o evento.

MAIS INFORMAÇÕES:
Ligue (54) 3244.1710 ou (54) 3244.1721 ou (54) 3244.3961
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Acesse aqui o evento no face 

Quando a escola é lugar de alegria - Por Karine Klein stars

Castelo Branco promove Festa de Dia das Crianças e dá exemplo de superação

 

Outubro sempre é um mês marcado pelas comemorações do Dia da Criança. Porém este ano algumas crianças tiveram um dia ainda mais especial. No último dia 7, a Escola de Ensino Fundamental Presidente Castelo Branco – a mesma que foi destruída pelo tornado de março, e se reergueu recentemente, – promoveu uma festa para comemorar a data, levando alegria e esperança de dias melhores para centenas de crianças do Bairro Santa Isabel. O evento ocorreu na sede do Daer, pela manhã.

Cerca de 250 alunos participaram da festa, que foi totalmente idealizada e realizada pela escola, e custeada com dinheiro de promoções feitas pela equipe diretiva: Mirian Santos, Kellen Klein e Mateus Barcelos, juntamente com os professores.

A alegria rolou solta! Os pequenos (e os não tão pequenos assim) puderam se divertir nos brinquedos infláveis que foram alugados pela escola, como tobogã, tombo legal, piscina de bolinhas e duas camas elásticas. Além disso, teve também pintura no rosto que animou ainda mais os presentes. Foram servidos lanches e distribuídos chocolates para a criançada, que fez a festa sem nem lembrar que há alguns meses estavam com uma escola improvisada na sede do CIS- Centro Integrado Social, e muitas delas sem casa devido à catástrofe climática.

No dia da festa os sorrisos e as risadas se espalhavam pelo salão. Entre uma guloseima e outra as crianças e adolescentes também se divertiram com o show da Taylor’s Band, que tocou diversos sucessos do rock e do pop, agitando a manhã de comemorações.

“A festa foi muito show, tem que fazer mais vezes, é muito importante para as crianças”, disse Carolina Teixeira, mãe de uma aluna da pré-escola.

Já a aluna Taliane Pires, do nono ano conta que o evento foi um sucesso. “Eu adorei participar da festa, estava bem divertido, foi bastante gente. A comida estava muito boa e a decoração muito bonita”, disse.

“Agradecemos ao Sr. Paulo Adair que cedeu o espaço, ao super Rissul que colaborou com o lanche, a secretária de Educação Cultura e Desporto, Ana Paula Bennemann, que colaborou com os chocolates, ao Mercado Santa Isabel, aos meninos do Taylor’s Pub que sempre são parceiros da escola, e agradecemos especialmente os alunos Taliane, Jeferson Leite e Saulo, do nono ano que ajudaram na decoração. E também um agradecimento aos professores e funcionários que nos apoiaram”, disse Kellen Klein.

A Castelo Branco mais uma vez mostrou como é exemplo de superação e que com a união de toda a comunidade escolar é que se faz a diferença positiva na vida dos alunos.

Fotos: Divulgação Escola Presidente Castelo Branco

 

 

SERRANÍSSIMA

São Chico em pauta

Karine Klein é jornalista, apaixonada por São Chico. Sonha viver de contar histórias e acredita que cada um pode começar a mudar o mundo.

Este fim de semana tem Festival do Ronco do Bugio na Serra!

VER PROGRAMAÇÃO

O Bugio é o único ritmo genuíno do RS, diferente de outro tantos que receberam influência de países vizinhos, como Argentina e Uruguay. Surgiu no início do século passado, inspirado no ronco do macaco bugio, e há uma grande discussão sobre suas origens. "Alguns historiadores dizem que foi em São Francisco de Assis, através do gaiteiro Neneca Gomes. Outros, como Os Bertussi, defendem que a origem do balanço sincopado apareceu pela primeira vez lá pelas bodegas do Juá, em São Francisco de Paula, através do gaiteiro Virgílio Leitão.”(Blog do Léo Ribeiro, "A ORIGEM DO RITMO “BUGIO”). Os irmãos Bertussi foram os primeiros a gravar um Bugio, com o título "Casamento da Doralice", no LP Coração Gaúcho.

Desde 1986, celebra-se anualmente o Festival Ronco do Bugio em São Francisco de Paula, onde participam intérpretes da música tradicionalista gaúcha, que preparam novas composições para participar. Há também a edição mirim, que incentiva as novas gerações a fazer um resgate cultural deste ritmo tão importante para a história e a cultura locais. A 10a edição do festival foi uma coletânea dos grandes sucessos das edições, e reuniu grandes sucessos como “Levanta Bugio”(Leonardo), Briga de Bugia (Rui Biriva), "O gato comeu" (Os monarcas), Bugio do meu rincão e “Brasil de bombacha”. Nesta 26 edição, será homenageado o Grupo "Os Mirins”, autores de sucessos como “Baile de candeeiro” e “Vaneirinha da saudade”, formado por Francisco Castilhos, já falecido, e Albino Manique, que estará presente no evento.

Francisco Castilhos e Albino Manique. Tudo indica que a foto tenha sido tirada em 1957, em uma de suas primeiras apresentações, no programa de auditório Rodeio Coringa.

Um pouco mais sobre Albino Manique

Não há um gaiteiro gaúcho que não reverencie e se inspire na música de Albino Manique. À frente de Os Mirins, um dos mais tradicionais grupos do Rio Grande do Sul, com mais de 50 anos de existência, e admirado por sua técnica excepcional e apuradíssima, Albino destaca-se também por ter tocando em inúmeros bailes tradicionalistas, além de ser um recordista de horas de estúdio. Com todo esse prestígio, ao invés de tocar no Brasil inteiro e em outros países, onde certamente seria bem recebido, Albino prefere ficar em seu estado, tocando nos bailes, sua grande paixão. Vale a pena assistir "O Milagre de Santa Luzia", série que mostra o trabalho dos maiores gaiteiros do Brasil de norte a sul, onde ele conta mais sobre sua trajetória.

O 26º Ronco do Bugio se celebrará no CTG Rodeio Serrano nos dias 1 e 2 de setembro, às 19:30h, com entrada Franca. Não Dá pra perder!! Veja a programação:

Programação: 

Sexta-feira, dia 01 de setembro: - Abertura Oficial - Apresentação dos 10 bugios da Fase Local - Proclamação dos 2 bugios vencedores - Homenagem a Francisco Castilhos e Albino Manique (Dupla Mirim) - Baile com Os Mirins

Sábado, dia 02 de setembro: - Apresentação dos 12 bugios (10 da Fase Geral e 2 da Fase Local) - Show com César Oliveira e Rogério Melo - Proclamação dos vencedores e entrega dos prêmios. - Baile com Volnei Gomes e Grupo Cantando o Rio Grande

A premiação do 26º Ronco do Bugio será a seguinte:
1º lugar – Troféu + R$ 5.000,00
2º Lugar – Troféu + R$ 2.500,00
3º Lugar – Troféu + R$ 1.000,00
Melhor Instrumentista – Troféu + R$ 500,00
Melhor Intérprete – Troféu + R$ 500,00
Música Mais Popular – Troféu + R$ 500,00

Regulamento:
http://www.saofranciscodepaula.rs.gov.br/publicacoes/ronco%20do%20bugio%20regulamento%202017.pdf

Fontes:
O Milagre de Santa Luzia - https://www.youtube.com/watch?v=R703wwEx8A4
Blog do Léo Ribeiro - http://blogdoleoribeiro.blogspot.com.br/2010/05/origem-do-ritmo-bugio.html

Este espaço é patrocinado por Prefeitura Municipal de São Francisco de Paula

Pousada e Reserva Ecológica Terra do Sempre

A Terra do Sempre é uma reserva ecológica localizada a cerca de 8km do Lago São Bernardo, em São Francisco de Paula.

É um local fantástico para se descLocalizada numa área de 15 hectares de Mata Atlântica inexplorada e integrante do Parque Natural Municipal da Ronda – Unidade de Conservação de Mata Atlântica –, a Terra do Sempre está a uma altitude de 600m acima do nível do mar, sendo um ponto de alta concentração de energia e de adrenalina. Distante da poluição e do caos urbano, vivencia-se o contato íntimo com a natureza.

O parque é povoado por animais como jaguatiricas, veados mateiros, esquilos, quatis, graxains, bugios, entre outros. Há registros da presença de onça-parda, além de aves como tucano e beija-flor. Abençoado pela natureza, o lugar destaca-se pela beleza de suas cachoeiras entre rochas e vegetação nativa, ecologia e lazer com aventuras vivenciadas em sua plenitude. Também é possível se hospedar no local, que conta com uma pousada de cabanas muito aconchegantes no meio de toda esta beleza.ansar, fazer trilhas, mergulhar em uma das inúmeras cachoeiras e apreciar a paisagem. As trilhas são todas sinalizadas, há cachoeiras de fácil acesso para crianças e idosos e as paisagens são estonteantes. Vale a pena conferir!

Limão, macela e humor - por Lukas Lima

Comédia, diversão, espontaneidade, comunicação visual. Tudo isso são recursos do humor.

“Buscamos uma vida perfeita, organizada, foco, perseverança... no outro lado da moeda, o lado B da vida, há o “humor moeda de troca”: tu me da uma hora e meia de mau humor em uma segunda feira, de troco você leva um post de comédia. Em 10 segundos você visualiza, passa um filme na cabeça, transformando a visão alguns segundos de risadas bobas inocentes, lembranças da infância lembranças do bairro onde nascemos, dos amigos que fizemos, dos vizinhos que tivemos ou ainda amigos que temos. Tudo o que aprendemos da essência que trouxemos dos velhos tempos... isso não tem preço. Esses segundos que você vive são um momento único, nos mostra que podemos ser criativos em nosso cotidiano.”

Em nossa cidade há um grupo trazendo à tona em nossas lembranças histórias corriqueiras de cada bairro. Um grupo ainda oculto, com uma página de humor do cotidiano moderno no facebook. Trazem consigo uma figura emblemática de São Chico, o Rafa, um morador serrano nada convencional, uma pessoa carismática com brilho próprio, que não conhece a maldade, e que sem dúvida faz parte do patrimônio do povo serrano. Esse grupo está formado por vários jovens que buscam formar seu público, tentando buscar seu lugar no meio digital de forma pragmática e carismática.

Afirmam que não tem interesse em menosprezar a imagem do Rafa, nem nada relacionado com a cidade, e sim encontrar um foco de trabalho, aliando a criatividade e a espontaneidade, tão bem aceitas no meio virtual.

Os participantes do grupo, todos moradores de São Chico, alegam que têm interesse em manter um trabalho de interação social e continuar essa linha de comunicação, e para isso buscam recursos para melhorar, poder continuar e ampliar o trabalho.

Caso haja interesse em apoiar o projeto através de patrocínio, é só entrar em contato por mensagem na página Rafa Malandro no facebook.

Turismo natural como vocação serrana - por Karine Klein

As opções de lazer natural são muito procuradas aqui em São Francisco de Paula, já que a natureza presenteou esta terra com o que há de mais diverso e bonito.
Tantos os serranos, que aproveitam ao máximo o que a cidade tem para oferecer, como os turistas, que vêm para São Chico em busca de uma união que não encontram em outro lugar: diversão e sossego, se encantam com os atrativos naturais de lazer que o município oferece, e eles são muitos!


A estudante Raíssa Marques, de Pelotas, esteve em São Chico e conta: “a beleza do lugar e a paz que ele transmite foram os principais pontos que eu encontrei aí e me chamaram a atenção”. Junto do namorado e de um grupo de amigos, Raíssa visitou o Passo do S no dia 29 de janeiro. “Gostei muito de ir, pois foi um passeio que me manteve em contato com a natureza e me possibilitou conhecer lugares no nosso Estado que eu não imaginava que existissem. Principalmente nessa época de praia e calor o lugar me surpreendeu, tornando-se mais uma opção para os turistas aproveitarem o verão nesta região. Pretendemos voltar”.


Assim como Raíssa e seu grupo de amigos, o casal de Três Coroas Angelica Galle e Marciano Berti também aproveitaram para curtir dias de verão acampando em São Chico. Eles estiveram no final do ano no Passo da Ilha. Angelica conta que visita São Chico “pela paisagem aconchegante tanto no verão quanto no inverno. No passo da ilha vou há mais ou menos dez anos, adoro esse lugar”. E o que mais atrai a auxiliar de escritório é que “além de ser um clima agradável, essa paisagem serrana é linda e a preservação é muito importante. É o que acontece no Passo da Ilha, tudo sempre visando a preservação”.




O turismólogo Adão Samir Eger explica que o turismo em ambientes naturais é desenvolvido através de atividades de Ecoturismo, Turismo de Aventura, Turismo de Natureza e Turismo Rural. Sendo que a principal motivação de quem busca essas atividades é a vontade de estar em contato com a natureza, “conhecendo e vivenciando um determinado ambiente natural com sua biota, (o conjunto de todos os seres vivos de um determinado ambiente ou período) com sua beleza através da formação dos relevos, clima, hidrografia, fauna e flora, que juntos transformam-se em um atrativo turístico natural.”


Porém ainda são muitos os desafios que São Chico encontra para potencializar sua principal vocação turística. “Acredito que ainda falte muito para aproveitarmos ao máximo o potencial para este tipo de turismo que temos aqui. É necessário a criação de políticas públicas para o turismo, incentivo para o empreendedorismo nesta área no interior do município e, principalmente preservar o ambiente natural para que não se perca a cultura desta região. Enquanto continuarmos investindo em atividades que degradam o meio ambiente vamos perder nossas maiores riquezas para um desenvolvimento nada sustentável”, afirma Eger.


A seguir confira alguns (dos muitos!) atrativos naturais que São Chico oferece:

Flona
 A Floresta Nacional de São Francisco de Paula é uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável. A Flona SFP tem uma área de 1.606 hectares e oferece aos visitantes – com agendamento prévio – duas trilhas ecológicas com acompanhamento de guia. Possui cinco hospedarias, totalizando 50 leitos. As trilhas levam às araucárias centenárias, à cachoeira Bolo de Noiva e ao mirante, com vista para a Cascata da Usina, Perau do Macaco Branco, floresta nativa e povoamento de araucária de 1946.

Foto: Cecilia Sanchez


Parque das 8 Cachoeiras
Um pequeno paraíso de quedas d’água, assim pode ser descrito o Parque das 8 Cachoeiras. O acesso a elas só pode ser feito por trilhas, todas são bem sinalizadas e com graus de dificuldade que variam de 1 a 5, dependendo da complexidade dos obstáculos e da distância. O ideal para visitar todas de uma vez, é que se reserve dois dias para a atividade. Remanso, Escondida, Neblina, Ronda, Cachoeira dos Pilões, Cachoeira da Ravina, Cachoeira do Quatrilho e Gêmeas Gigantes são as cascatas que ficam na área de 130 hectares do Parque, que, além das cachoeiras, conta com a exuberância da mata atlântica, vales, cerros e variedade de animais silvestres.

Crédito: Silvio Kronbauer Divulgação

Passo do S
Um lajeado de 80 metros de largura forma uma linda queda d’água. Quando o rio está em seu nível normal, é possível passar de carro, porém com bastante cautela. É o local por onde os tropeiros cruzavam o Rio Tainhas. Seu nome se deve ao formato de “S”. O Passo do S é perfeito para momentos de lazer, para banho e camping, porém não tem estrutura.

O grupo de Pelotas Manuella Carvalho, Murilo Vargas, Rafael Mota, Ana Lucia Mota, Luiz Fernando Mota, Maicon Mota e Raíssa Marques aproveitaram para curtir um dia de verão no Passo do S. Crédito Raíssa, acervo pessoal.
Crédito: Silvio Kronbauer Divulgação

Passo da Ilha
Um alargamento de mais de 2 km do Rio Tainhas forma uma Ilha que tem cerca de 1,5 hectare de terra, com mata nativa. A 53 Km da Sede de São Chico, o Passo da Ilha oferece a beleza das águas cristalinas formando pequenas cachoeiras.  Quando o rio está em seu nível normal, é possível atravessá-lo de carro. O local possui área de camping.

Angelica Galle e o marido Marciano Berti vieram de Três Coroas para passar o final de ano no Passo da Ilha. Crédito: Angélica, Acervo Pessoal

Lago São Bernardo
O mais conhecido ponto turístico de São Francisco de Paula e cartão postal do município está localizado na sede, próximo ao centro da cidade. Possui extensão de 1.900 metros e profundidade média de 5m. Muito procurado por moradores e turistas para atividades físicas, como corrida, caminhada, ciclismo, Stand Up Paddle e diversas outras, ou para simplesmente sentar em sua orla e saborear um chimarrão, ler um livro ou conversar. Tem suas margens cercadas por árvores e grama. Com visitação gratuita e permanente, o Lago encanta pela beleza e é um convite para ficar um pouco mais na cidade.

Crédito: Silvio Kronbauer Divulgação

SERRANÍSSIMA - São Chico em pauta                                                        

Karine Klein é jornalista e apaixonada por São Chico. Sonha viver de contar histórias e acredita que cada um pode começar a mudar o mundo.

 

Livro - Heranças de Família

Annabeth, que tinha uma rotina tranquila como organizadora de eventos em Nova York, vê a sua vida mudar completamente quando descobre que a sua avó, até então desconhecida por ela, acabara de falecer, deixando uma grande herança para “Annie”, na pequena cidade de Filleswood, Colorado, no meio-oeste dos EUA. Ao chegar lá, ela terá que se adaptar com a nova realidade de cidade pequena, e vai descobrir que os mistérios estão apenas começando, pois a sua avó foi assassinada, então ela se vê no centro de uma investigação, cujos principais suspeitos são os quatro funcionários de confiança da falecida, e que o assassino não irá descansar até que consiga o seu objetivo, mesmo que isso signifique fazer mais vítimas.

Heranças de Família traz uma história surpreendente, envolta de muito mistério.



Sobre o autor
Vinícus Zini é natural de São Francisco de Paula, serra gaúcha. Nascido em 1997, estudou e concluiu os estudos no Colégio Estadual José de Alencar (CEJA). Em 2015 lançou o seu primeiro livro “Heranças de Família”.

 

Igreja Matriz - São Francisco de Paula/RS stars

Foto principal: Silvio Kronbauer  

Localização: Rua Frederico Tedesco, no 93, Centro de São Francisco de Paula. Ver mapa


Foto: Cecilia Sanchez 

São Francisco de Paula foi fundada pelo militar português, Pedro da Silva Chaves, que doou uma área de terra para o povoamento, juntamente com algumas vacas, local em que construíra uma igreja, batizada de São Francisco de Paula e onde seu filho viria a rezar a primeira missa. A cidade emancipou-se definitivamente em 7 de janeiro de 1903. Inicialmente havia, uma igreja de madeira. Em 1923 houve inicio da obra da igreja de pedra, que foi inaugurada em 1929 e demolida em 1961. E, em 14 de junho de 1964 a nova e atual Igreja Matriz foi inaugurada.


Vista aérea com igreja atual no ano da inauguração - 1964/ Foto: Arquivo

Inaugurada em 14 de junho de 1964, a igreja retrata no seu interior, a devoção do povo serrano, com um interessante conjunto de vitrais. Suas portas foram esculpidas à mão por Tarcisio Nodari, entre 1967 e 1968. Sua torre pode ser vista de praticamente toda a cidade e se destaca em meio ao céu vermelho dos entardeceres serranos. Hoje, a paróquia São Francisco de Paula pertence à diocese de Caxias do Sul – RS.


Foto: Silvio Kronbauer

Contato: (54) 32441335;

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fontes:José Carlos Santos da Fonseca, pág 61. Vol 2 -São fco Paula - História, Encantos e Mistérios
Secretaria de Turismo de São Francisco de Paula

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 26 - Julho de 2015

Rincão Poético: Minha terra - por Luciane Scalcon

O chão onde piso reflete a imensidão desta cidade querida. Com sua cultura entra em ação, com sua tranquilidade nos desperta a paz.

Desta minha terra querida não abro mão. Tenho a paz que todo ser humano precisa pra ser feliz. Confesso não é perfeita, mas me traz a calmaria, o bem estar.



Esta minha amada querência, com suas belezas naturais, despertam ao visitante o dom de experimentar e voltar a nos visitar.

Não é de tantos luxos nem ao menos famosa, como a capital, mas leva consigo o carinho do habitante daqui. O nosso povo hospitaleiro traz consigo as tradições, um bom chimarrão, uma prenda e um peão, sem falar no nosso querido churrasco.

Minha terra querida, onde os passarinhos cantam felizes, onde o ar é mais puro, minha São Francisco de Paula.

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 15 - Julho de 2014

Rincão Poético: Jeito Orestes Leite de ser - por José Luis do Nascimento

 

No ano de 1964,
lá no Bairro do Rincão
nascia uma instituição
que se dedicaria ao ensino,
acolhendo meninas e meninos
daquela localidade.
Orgulho de nossa cidade,
Orestes Leite é seu nome,
uma instituição de renome
a serviço da comunidade.
São 50 anos de história,
que hoje comemoramos
E, juntos, nós demonstramos
nosso orgulho e nossas glórias.
Se juntam a nós neste momento
alunos e professoras,
também ex-diretoras,
para prestigiar este evento.
Sabemos que o alimento
para o cérebro, para a mente,
é mesmo a bela semente
dos nossos ensinamentos.
Pois, para o nosso deleite,
como educador e guerreiro,
o jeito de ser brasileiro
é sendo Orestes Leite.



 

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL ORESTES LEITE
SÃO FRANCISCO DE PAULA

A Escola Estadual de Ensino Fundamental ORESTES LEITE  foi criada pelo Decreto nº 16.398, de 31/12/63, com a então denominação de GRUPO ESCOLAR DE BAIRRO RINCÃO. Iniciou suas atividades em 02/03/64, com o corpo docente constituído de 4 professoras: FRANCISCA LAURA PIRES GUIMARÃES, MARIA JANE DA SILVA PEDROSO, TEREZINHA MAUSSMANN TEIXEIRA AMORETTI e MARIA SUELY DA SILVA STEIN. A matrícula inicial era de 162 alunos. Também contava com duas funcionárias para afazeres domésticos.

A Escola funcionava num prédio de madeira, de propriedade do Sr. João Batista dos Reis Filho. As dependências constavam de 4 salas, sendo uma delas no sótão. Na varanda, funcionavam a Secretaria, Sala da Direção, cozinha e refeitório. Não havia instalação hidráulica: a água era trazida em baldes, de uma vertente.

Em 13/02/65, a Escola passou a denominar-se GRUPO ESCOLAR ORESTES LEITE.

Em 25/04/70, foram realizadas as solenidades de inauguração do novo prédio escolar, que possuía 4 salas de aula,  Secretaria, Cozinha e instalações sanitárias. O ato solene teve a presença do Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, Coronel Walter Perachi Barcellos, do Prefeito Municipal, Senhor Orival Ventura Maciel, Senhora Brunhilde Leite, esposa do Patrono, além de professores e membros da comunidade escolar.

O novo prédio recebeu a bênção dos eclesiásticos Padre Hilário Joel Piazza e reverendo Nilton Vergara. A Diretora da Escola era a Professora Francisca Laura Pires Guimarães. Nessa ocasião, a Escola contava com 13 professoras, 227 alunos e duas funcionárias.

Em 16 de outubro de 1979, a Escola foi reorganizada, passando a denominar-se ESCOLA ESTADUAL DE 1º GRAU INCOMPLETO ORESTES LEITE.

Em 26/01/1993, foi autorizado o funcionamento da 6ª série, pois até então, a Escola oferecia ensino somente até a 5ª série do 1º grau.

A classe de Pré-Escola, que já funcionava desde 1972, teve sua autorização de funcionamento em 08/06/1993.

Já em 19/12/1995, foi autorizado o funcionamento da 7ª e 8ª séries. Assim sendo, no dia 08/01/98, a Escola realizou as solenidades de colação de grau da 1ª turma de concluintes da 8ª série.

Em 11/01/96, a Escola passou a denominar-se ESCOLA ESTADUAL DE 1º GRAU ORESTES LEITE.

Atualmente, a Escola conta com 17 professoras, duas estagiárias e 5 funcionários. A matrícula atual é de 240 alunos, distribuídos da Educação Infantil até a 8ª série.

Como entidades representativas da comunidade escolar e por ela eleitos, a escola possui, em plena atividade, o Conselho Escolar (cuja Presidenta é a professora Carla Rejane Pinto Marques) e o CPM (Círculo de Pais e Mestres – cuja Presidenta é a Agente Educacional Andréia Bernardo dos Santos).

A Diretora da Escola é a professora THAIS FRANCISCA VELHO HUGENTOBLER, tendo como Vices as professoras EVA MARGARETE RIBEIRO DOS SANTOS (manhã) e RITA MÔNICA DEMENEGHI MARTINI (tarde). Também atua na parte administrativa a professora CARLA REJANE PINTO MARQUES (Supervisora Escolar – tarde). A escola tem como lema EDUCAR PARA CONSTRUIR E TRANSFORMAR.

• Poesia publicada na Revista Usina da Cultura - número 18 - Outubro de 2014

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Recordistas da longevidade serrana - por José Carlos Santos da Fonseca

Foto: Leocádia Moreira do Amaral com 120 anos em 1922. No início do século passado, o município de São Francisco de Paula...

Documentário - Muito Além do Peso

Obesidade, a maior epidemia infantil da história. Direção: Estela RennerAno: 2012Gênero:  documentárioProdução Executiva: Marcos NistiDireção de Produção: Juliana BorgesFotografia: Renata UrsaiaMontagem:...

Leitura - por Aline Aguiar

O hábito da leitura melhora o vocabulário, a escrita, a memória e desenvolve o raciocínio. Além de ser um caminho...

Polo Aquático - por Amanda Pessôa

Parece futebol, mas é jogado com as mãos. Parece voleibol, mas o objetivo é fazer gols. Parece handebol, mas é...

Em vez de x Ao invés de - por Aline Aguiar

Em vez de x Ao invés de  “Em vez de” pode ser substituído por “no lugar de”. Exemplo: Em vez de viajar...

Rocambole de Sardinha

Ingredientes Massa: 02 xícaras de farinha de trigo 1/2 xícara de leite 02 colheres (sopa) de óleo 01 colher (café) de...

Entre a ditadura e a democracia: 50 ANOS DO GOLPE DE 64 - por Cláudia Santos Duarte

Em 2014 completaram 50 anos do Golpe de 64, que instaurou a ditadura civil-militar no Brasil.  Para alguns, é novidade saber...

ATENÇÃO! Prevenção contra afogamentos: 8 Dicas Básicas

Com a chegada do verão, muitas pessoas se aventuram para as margens de rios, açudes e barragens e não levam...

Rincão Poético: Haicai

O que é? O haicai é um poema de origem japonesa, que chegou ao Brasil no século XX. É composto...

“Eu nasci há dez mil anos atrás...” - por Aline Aguiar

Salve, salve, nosso querido Raul! A redundância na frase acima é um vício de linguagem comumente utilizado em nosso dia...

Patrocinadores da cultura